quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Oque adquirimos em uma viagem .

Ola leitores !Tudo bem com vocês ?espero que sim ; Quem ai ama viajar ,adquirir conhecimentos em suas viagens ?Eu sou uma ,sou apaixonada por viajar ,e cada viagem que eu faço por mais simples que for a viagem eu sempre trago  algo novo comigo...E neste post de hoje vou relatar de como você pode adquirir experiência em suas viagens.
Um viajante  realmente  nunca  cessa  de adquirir  informação  ao longo de sua jornada;e ele usa essas informações para  melhor compreender os lugares por onde passa e as pessoas  que ali vivem.Em cada luga as pessoas têm um significado diferente para o fogo,a chuva e o vento .Às vezes ele aprende que o oceano pode  ser  malicioso  e perigoso; outras vezes ,que pode ser  tranquilo e repousante : sob um aspecto ,ele traz morte e  destruição e sob outro ,pode trazer gratificação e vida .
Ele experimenta o vento e o sol,a chuva e tudo o que aprendeu sobre o fogo,os animais  domésticos e as estações .A  chuva ,por exemplo ,é  celebrada por alguns  e temida por outros ,por  causa  dos dilúvios e tormentas que a acompanham .
O viajante  não apenas  conhece essas  informações  mas "usa-as" para  entender  cada  lugar  aonde  vai,e...ele  modifica  essas  informações  de acordo com as diferentes  terras  por onde viaja ,recombinando  aquilo de que  dispõe para estabelecer compatibilidade e compreensão  com aqueles com quem ele está convivendo no momento .
E essa atitude de estar constantemente recombinando ,continuamente se movendo para a frente ,se transforma num refúgio ,num porto seguro mental,é dele que o viajante se alimenta ,assistindo aos seus próprios  aprendizados com as experiências  vividas  juntos aos fazendeiros  nas suas plantações ,aos boiadeiros nas campinas ,aos  caçadores nas florestas e aos pescadores nas praias.

Procurando proteção  em casas  e tendas ,alpendres ou choupanas  e se reenergizando  com as sementes,carnes  de carneiros,coelho,ele  muda de roupa  apropriadamente  segundo cada local.Ele começa a compreender suas atitudes variadas,as perspectivas e aquelas  coisas que o tocam profundamente,como os laços pessoais  com aqueles com quem se encontra ,o viajante aprende a ter como guia suas atitudes consigo próprio,a respeitar  aqueles com quem está  convivendo ,ajudando-os  a aumentar suas  escolhas  com a sabedoria adquirida nas  jornadas  realizadas  até aquele momento.
O  viajante  sabe  muito bem  que cada pessoa residente em sua respectiva  terra conhece e compreende muito mais os recursos  e os costumes dessa área em  particular  do que ele próprio  um completo estrangeiro .E o viajante compreende  que pode ampliar sua compreensão e imaginação com o  conhecimento que cada uma dessas pessoas tem de sua terra natal.
O fazendeiro  é seguro porque está estabelecido e assentado .O viajante pode levar para ele a excitação e a criatividade  oferecidas por algumas  viagens  distantes.
O boiadeiro se sente em paz no seu estilo de vida rotineiro e silencioso,em alegre  comunhão  com o sol e tocando música à luz  das estrelas ,à noite .Para este ,o viajante  leva a sabedoria  das cidades .A esses lugares  onde homens e mulheres  constantemente estão  mudando  de local  e de estilo  de vida ,ele  leva conhecimento.Os  pescadores  são brutos  porque  a vida para eles é dura.São fortes porque o mar é rigoroso.São  casados com o mar  porque ele é a fonte  de sua  vida .Eles  são  desafiados na sua associação  com o amor .Para  estes ,o viajante leva a sabedoria  da ternura e o respeito  pela terra a que eles  não estão  acostumados.
Nenhum deles poderia mudar de lugar  com o outro,mas todos  exalam  respeito  mútuo,sabendo  que cada  um escolheu a vocação ,o ambiente  e o modo de vida mais  apropriado  para o emprego  de sua própria  força, seu próprio  temperamento  e seus  talentos naturais .E mesmo  assim  cada  um deles jamais  se esquecerá  da parte  do outro que ficará para sempre no seu interior.

Bom, leitores viajantes vou finalizando este post com esta frase à cima ↑


segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Dicas de como se comportar nas redes sociais.

Ola leitores!
Hoje venho com um post diferente;de como se comportar nas redes sociais

1 – Não há segredo 
“Tudo o que está ali é para ser visto por alguém. As outras pessoas podem usar suas informações do jeito que acharem melhor e você não tem o menor controle sobre isso”, afirma Alana. Por mais que você se preocupe em apenas autorizar amigos a visualizarem suas informações e suas postagens, muitas vezes eles podem passar isso adiante através de recursos que as próprias redes sociais oferecem, como é o caso do Retweet, utilizado no Twitter. “Revelar informações de outras pessoas é uma indiscrição, mas muitos a cometem”, afirma a consultora de imagem Andrea Azevedo .
Fonte: Delas -  

 – Empresas checam perfis em redes sociais antes de contratar 
Recrutadores descobriram que as redes sociais podem revelar detalhes importantes que passam despercebidos em entrevistas e dinâmicas. Por mais injusto que possa parecer, empresas brasileiras já admitem a prática. “Você tem o direito de beber durante o final de semana, se desejar. Mas você contaria para o seu chefe, na segunda-feira, que passou o domingo bêbado? Essa é a imagem que deseja ter no seu ambiente de trabalho?” indaga a consultora de imagem pessoal, moda e etiqueta Ana Vaz . Ela diz que é mais ou menos isso que pode acontecer quando você anuncia sua bebedeira através do seu perfil. “Precisamos aprender que o limite entre o público e o privado está cada vez mais tênue, e usar as ferramentas da internet de maneira correta.”

 – O que você mostrar em suas fotos também pode ser usado contra você 
Fotos podem representar dois tipos de problemas. O primeiro é você se mostrar em uma situação que pode parecer engraçada para alguns e constrangedora para outros. Além disso, você pode estar em uma foto que foi publicada por outra pessoa. Não existe controle sobre o que os outros mostram da sua vida. A consultora em etiqueta e marketing pessoal Lígia Marques , que acaba lançar este mês o livro “Etiqueta 3.0 – Você Online & Offline” (Ed. Évora), acredita que aqui o que vale é o bom-senso: “Se for algo comprometedor, não publique. Pense que isso pode prejudicar seu amigo. E, se isso acontecer com você, peça para que retirem a foto do ar.”

 – Você pode ser flagrado mentindo 
“Mentira é ruim em qualquer circunstância”, sentencia Andrea. “Muita gente mente dizendo que está doente para poder faltar ao trabalho. Já pensou se seu chefe entra em seu perfil e você publica que está passeando no shopping, por exemplo? As pessoas falam muito, expõem demais e não pensam nas consequências”, adverte Ana.


– Pega mal exibir toda e qualquer conquista financeira
Além de parecer exibição, é bastante perigoso expor sua vida financeira. “Costumo dizer que o Foursquare, rede social que possibilita ao usuário dizer onde está naquele momento, é praticamente uma plaquinha escrita ‘roube-me’. Se você está passando uma temporada com a família em Paris, por exemplo, e alardeia esse fato, muitos poderão deduzir que sua casa está vazia”, afirma Ana. Ela ainda ressalta que nem todos os seus amigos na rede social podem ter uma vida financeira tão confortável e esse tipo de exposição pode fazer você passar por esnobe.

Seu ex está de olho na sua vida atual
Quando um relacionamento chega ao fim, é comum que uma das partes saia magoada ou mesmo demore a aceitar o término. A consultora Lígia Marques argumenta que pessoas magoadas cometem atos inadequados. “Mágoa e ressentimento podem provocar revides e comentários inapropriados. Evite expor detalhes de sua vida social e amorosa.”

Bom leitores por hoje é só espero que goste do post...💋👄


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...